Câmara obteve patrocínio pela Lei  de Incentivo ao Esporte e Minas Esportivo – Divulgação

 

No autódromo de Paul Ricard, localizado no sul da França, o piloto brasileiro Sérgio Sette Câmara (Youse / BMG | CCR / Cemig / Gasmig), de 19 anos, recebeu a luz verde para o início de sua participação na temporada 2018 do Campeonato Mundial de F2.

 

Diante de quase 50 anos com representatividade na F-1, principal categoria do automobilismo mundial, em 2018 será a primeira vez desde 1970 em que a nação verde e amarela não terá nenhum piloto por lá. Se na F-1 a população não terá para quem torcer, na F-2, principal categoria de acesso, Sette Câmara inicia a sua segunda temporada no Campeonato. Na tradicional equipe inglesa Carlin/McLaren Junior ele terá chances reais de lutar pelas vitórias e até mesmo pelo título da temporada.

 

Porém, para que o piloto pudesse seguir sua trajetória na busca pelo nível máximo do esporte mundial, o aporte financeiro por meio de patrocínios sempre foi fundamental em sua carreira. Assim, contando com Projetos aprovados na Lei Federal de Incentivo ao Esporte e, também, no programa Minas Esportivo, do Governo do Estado de Minas Gerais, o piloto conseguiu reunir o orçamento necessário para as disputas do Mundial 2018.

 

Através da destinação do Imposto de Renda ou do ICMS algumas empresas estão realmente acreditando no potencial de visibilidade do esporte brasileiro e destinando suas verbas para levar o Brasil de volta à F-1. Assim, Sérgio apresentou o layout oficial de seu carro para 2018 estampando as cores da Youse, Banco BMG, CCR, Cemig e Gasmig.

 

“Em nome de todos os atletas do Brasil e de Minas Gerais quero agradecer aos nossos governantes pela possibilidade de podermos competir em alto nível, em qualquer lugar do planeta, contando com a destinação de impostos das empresas. Estou muito feliz por ter conseguido o apoio de sólidas empresas que poderão, acima de tudo, me deixar focado apenas no meu papel de acelerar e buscar o máximo de rendimento dentro das pistas” comentou Sette Câmara.

 

Leandro Claro, CMO da Youse, principal patrocinadora do piloto brasileiro, está otimista com as possibilidades oferecidas pelo piloto e a temporada 2018 de F-2. “A Youse acredita na ousadia do Sérgio, assim como a marca, ele não tem medo de quebrar barreiras e alcançar novos patamares. Acreditamos que este será um ano de muitas conquistas e a Youse estará junto com Sérgio dando a ele a segurança necessária para alcançar seus objetivos”, diz Leandro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...