Divulgação

O número de motocicletas no Brasil não para de crescer. Dados divulgados em julho pela seguradora Líder, que gerencia o DPVAT, apontam que, ainda em 2016, a frota ultrapassou os 24 milhões de unidades, cerca de 27% dos 93,8 milhões de veículos em circulação no Brasil. Pensando nisso, a Bomber Speakers, líder no segmento de som automotivo, lançou o Motosound, primeiro dispositivo multimídia do mercado destinado às motocicletas, com o objetivo de facilitar o dia a dia do motociclista, além de diminuir o risco de acidentes.

 

“Somente na cidade de São Paulo, temos mais de 1 milhão de motos e mais de 250 mil motoboys. Foi pensando em oferecer conforto e segurança para este público que desenvolvemos o produto. Se a conectividade está tão presente nos automóveis cada vez mais inteligentes, por que não pode estar também nas motocicletas?”, aposta Gustavo Lerman, presidente da Bomber.

 

Tecnologia e inovação – Com o Motosound, o motociclista pode atender o telefone, ouvir músicas ou utilizar o GPS. O aparelho transmite as funções do smartphone via bluetooth e é fácil de instalar e encaixar na parte anterior do capacete. “Além de leve e discreto, o Motosound é de fácil manuseio, com botões altamente intuitivos. Ele cria uma concha acústica dentro do capacete, com um som de excelente qualidade”, acrescenta Gustavo. A tecnologia é totalmente brasileira, focada nas necessidades do nosso mercado.

 

 

O aparelho permite que o motociclista encontre endereços no GPS de forma rápida e prática e ainda reproduz alertas sobre perigos no trajeto, como buracos e pista escorregadia. “Também é possível atender e efetuar ligações sem precisar estacionar, o que é muito prático. Eu tenho uma Biz e uso para ir trabalhar. Sempre vejo pessoas paradas no acostamento atendendo ligações, algumas deixam o celular preso ao capacete ou usam fones de ouvido e tudo isso pode ser muito perigoso. Além disso, tem a questão do conforto, o som é muito bom e eu deixo no volume médio, assim consigo prestar atenção no trânsito enquanto ouço música no meu trajeto, algo que antes era privilégio de quem usa automóvel”, afirma Graziele Lutz Ávila, usuária do Motosound.

 

Segurança no trânsito – No caso das motocicletas, a conduta de risco do motociclista pode acarretar o acidente. O Motosound foi elaborado com base nas regras do Código Nacional de Trânsito, focado em colaborar para reduzir o número de acidentes. Ainda segundo dados do DPVAT, em 2016, foram 12.126 mil vítimas fatais que conduziam motocicletas. Quatro em cada dez mortos em acidentes no ano pilotavam uma moto. 83% do total pago aos segurados em 2016 foram destinados a vítimas de invalidez permanente. O percentual destinado à indenização por mortes foi de 5%. Do número de acidentes fatais, 53% tinham idade entre 18 e 34 anos, idade economicamente ativa.

 

“Não atender celular pilotando, estar atento a buracos, pista escorregadia, saber para onde está indo, tudo isso ajuda o motociclista a diminuir a conduta de risco. E, além disso, o produto chega ao mercado com um preço acessível, para que realmente a população possa ter acesso a este benefício”, finaliza Gustavo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...