Divulgação

Apesar dos governos anunciarem a flexibilização em diversas cidades, por causa dos números de casos de covid-19 que seguem crescendo, a população ainda está com medo do contágio, evitando ao máximo sair de casa. Com isso, para quem não pode permanecer em casa e precisa trabalhar fora, o comportamento dos usuários de transportes sofrerá alterações.

De acordo com uma pesquisa interna da Cabify, plataforma de mobilidade urbana, 76% dos passageiros disseram que pretendem reduzir ou não utilizar ônibus, trens e metrôs, enquanto 38% afirmaram que aumentará o uso do carro particular. Outros 53% deles contaram também que pretendem aumentar o uso de aplicativos de mobilidade urbana por acreditarem em uma maior segurança.

Em outras palavras, o transporte urbano, principalmente nas grandes cidades vai mudar e será necessário uma nova reestruturação também por parte dos aplicativos para atender a essa nova demanda com segurança e comodidade.