Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Category: No Tweet
Quem não for viajar no feriadão e quiser acompanhar de perto um dos eventos mais importantes do kart nacional já pode destinar um espaço na agenda. Neste final semana, o kartódromo de Interlagos recebe a terceira edição do SKB (Super Kart Brasil), que, para esta etapa a organização decidiu batizar a prova de Troféu Gustavo Sondermann, uma homenagem ao piloto da Copa Montana que faleceu em um acidente em Interlagos no começo do mês. No SKB, vale destacar, só correm pilotos de alto nível, o que faz da prova algo imperdível. Segundo os organizadores, foram conquistados novos patrocinadores e anunciaram premiações em dinheiro, além de peças e equipamentos, para todas as cinco categorias do evento. O vencedor da categoria, na qual correm os pilotos mais experientes do torneio, o prêmio é de algo próximo a R$ 5 mil, o mesmo do ganhador na classe Shifter. Na Super Cadete, o vitorioso pode levar um Kart Mini completo, enquanto na Júnior, o prêmio máximo é um cockpit de Continue lendo [...]
As especulações sobre assentos vagos na Fórmula 1, conhecida no meio como “silly season” (temporada dos boatos, em português), em geral, acontecem da metade para o final da temporada, mas este ano começou mais cedo e a vaga em aberto não é de uma equipe novata e sim na Red Bull, campeã de 2011. A novidade, no entanto, é que o boato partiu de alguém estreitamente ligado ao time de Sebastian Vettel, o chefe da Toro Rosso Franz Tost, equipe satélite da RBR. Segundo Tost, provavelmente a Red Bull terá um cockpit disponível na próxima temporada. A constar, Sebastian Vettel assinou contrato de renovação com a equipe por dois anos. Mark Webber já manifestou seu desejo de abandonar a carreira no final desta temporada, sendo campeão ou não. O dirigente austríaco disse que Vettel terá, portanto, um novo companheiro de equipe em 2012, conforme matéria publicada no site italiano italiaracing.net. Mas quem poderia ser o contratado? Opções não faltam, mas a lógica não Continue lendo [...]
O GP do Bahrein pode acontecer ainda nesta temporada. Pelo menos esse é o desejo da organização da corrida, que recomeçou as negociações para que a etapa de 2011 seja remarcada. Salman bin Hamad Al Khalifa (foto), príncipe do país, declarou que acredita na realização da prova neste ano, pois, caso não sejarealizada, o Bahrein pode perder a vaga no calendário da categoria. "Estamos em constante contato com a FOM (Formula One Management) a fim de reprogramar a data da corrida. Agora que a segurança prevaleceu e que a vida normal voltou ao Bahrein, graças à sábia liderança, estamos intensificando os contatos para sediar a corrida novamente", disse o príncipe herdeiro. A etapa de abertura do mundial deste ano começaria em 13 de março no circuito de Sakhir, mas foi adiada devido aos conflitos sociais. O adiamento da corrida aconteceu por conta uma onda de protestos no mundo árabe. Depois de protestos que retiraram do poder os presidentes do Egito, Hosni Mubarak, e da Tunísia, Continue lendo [...]
Além da Academia 1 em 1 bilhão, a Lotus anunciou na última segunda feira (11), que Luiz Razia e Davide Valsecchi vão pilotar o carro da equipe no primeiro treino livre da F1 na China, sexta-feira (15). Mike Gascoyne, diretor-técnico do time, anunciou a estreia do brasileiro na F1. "Na China, teremos Luiz Razia e Davide Valsecchi pilotando para nós no primeiro treino livre. Acho que Xangai será outro fim de semana interessante", disse. Nascido em Barreira, interior da Bahia, Razia estreou nas pistas de autocross aos 13 anos de idade, e já na temporada seguinte conquistou o título de vice-campeão baiano da modalidade, a apenas um ponto do primeiro colocado. Em 2004, mudou-se para Brasília, onde começou a treinar e a correr de kart, que é considerada a base da carreira de um profissional. Após apenas seis meses de treinos, sagrou-se campeão brasileiro da categoria. Ainda em 2004, o passo seguinte foi a estreia no Campeonato de Fórmula 3 Sul-Americana. Os treinos de adaptação Continue lendo [...]
O Grande Prêmio da Malásia foi mais um passeio com vento no rosto do alemão Sebastian Vettel (abaixo à esquerda), confirmando a extraordinária fase da Red Bull, que, de novo, não teve opositores. Mas quem ficou para trás fez da movimentada corrida algo interessante, tendo como justificativa o desgaste acentuado dos pneus Pirelli. No final da prova, a quantidade de farofa de borracha na pista era bem maior que nos tempos da Brigestone. Outro componente, a asa traseira móvel, contribuiu para manter a audiência televisiva madrugal e de certo modo apurou o molho sem carne do touro vermelho, que sequer tomou conhecimento do segundo colocado Jenson Button ou de Nick Heidfeld, o terceiro. A quarta posição ficou com Mark Webber, também da Red Bull, cuja largada e desempenho nas primeiras voltas foram ruins, fazendo parecer que o australiano não estava pilotando carro igual ao de seu companheiro de equipe. A má imagem foi se desfazendo com o desenrolar da corrida com Webber recuperando Continue lendo [...]
Os dois carros da Hispania abandonaram o GP da Malásia por questão de segurança. A afirmação é de Colin Kolles, diretor técnico da equipe. Os carros de Narain Karthikeyan ou Vitantonio Liuzzi estavam, como de costume, se arrastando pela pista. Mas, observando que os carros não foram testados, conseguir largar pode ser considerado um avanço. "Paramos os dois carros somente por segurança. O carro de Narain estava com a temperatura da água muito elevada, então o aconselhamos a parar. Tonio estava perto de completar a corrida e sentiu a traseira instável. Fizemos duas paradas para checar o problema e descobrimos que havia danos na asa traseira, então decidimos parar por questões de segurança", disse Kolles. Kolles, então, avaliou positivamente a prova para sua equipe. "Em geral, não foi um dia ruim, considerando que foi nossa primeira corrida e a nossa primeira chance de testar o carro nessa condição", argumentou. "Não houve nenhum grande problema, então precisamos Continue lendo [...]
A dupla Xandy e Xandinho Negrão sagrou-se vencedora da etapa de abertura da GT3 Brasil, prova realizada sábado e domingo, em Interlagos, sendo que a segunda bateria terminou antes do previsto por causa de uma tempestade torrencial que desabou sou o autódromo. Tendo em vista o ocorrido no domingo passado, a direção de prova a cargo de Antônio Carlos Regal, o Magrão, optou pelo bom senso e deu quadriculada com 20 voltas completadas. Os campeões de 2010 Valdeno Brito/Matheus Stumpf, que comandaram a disputa durante um bom tempo, depois de superarem o Corvette de Cláudio Dahruj/Rodrigo Sperafico, que acabou cedo demais com os pneus traseiros, terminaram em segundo. A dupla completou a corrida em 3º com a Ferrari F430 de Rafael Derani/Claudio Ricci em quarto. Ricardo Ricca chegou em 5º com um Lamborghini LP500. Mas foi desclassificado por não ter feito a parada obrigatória de 2 minutos, mesmo não tendo companheiro de equipe Gustavo Sondermann, falecido no final de semana anterior. Continue lendo [...]
O piloto brasileiro Lucas Di Grassi foi participará dos testes da Pirelli em Barcelona no próximo mês. Apesar do teste, o ex-piloto da Virgin ainda não está certo como substituto de Pedro de la Rosa, que voltou à reserva da McLaren. Sem um patrocinador forte, Di Grassi (foto), que já foi piloto de testes da Renault, ficou a pé este ano, sem vaga nem para piloto de testes em alguma equipe. “Estaremos em maio em Barcelona com a Toyota”, afirmou, Paul Hembery, diretor-esportivo da Pirelli, ao site da revista inglesa ‘Autosport’. “Lucas Di Grassi vai pilotar neste evento. Di Grassi esteve em Istambul Park na semana passada e não teve muito tempo no carro, pois o mau tempo interrompeu a sessão, mas ele estará conosco em Barcelona. Vamos ver como ele se sairá”, comentou. Hembery esclareceu que o teste de Barcelona vai determinar se Di Grassi será o piloto de testes da fabricante italiana. “Nós temos de estudar. Ele tem de aprender sobre nós e nós temos de entender Continue lendo [...]
Começou a segunda etapa do Mundial de Fórmula 1, desta vez, na Malásia. Mark Webber, da Red Bull, liderou o primeiro treino livre, com Jenson Button, da McLaren, na segunda posição, a exatos 0,005s mais lento que o australiano. Lewis Hamilton ficou na terceira colocação, seguido por Sebastian Vettel, Michael Schumacher. Felipe Massa, da Ferrari fechou na sexta posição. O treino foi movimentado e confirmou algumas previsões, como a liderança da Red Bull e apresentações abaixo da crítica da Marussia Virgin e Hispania. O belga Jérôme D’Ambrosio teve a suspensão dianteira direita literalmente arrancada do chassis da Marussia Virgin na freada antes da curva de acesso a reta de chegada e, por pouco, não sofre um acidente de maior proporção. Para ter ideia do erro de montagem e construção, a roda passou por debaixo do carro, o que poderia catapultar todo o conjunto, pondo em risco a vida do piloto e dos demais concorrentes, pois sobrou caco de carro para todo lado. O piloto Continue lendo [...]
Poeira, lama, superação e adrenalina. É com esse cenário que Ribeirão Preto, no Interior paulista, abre a temporada 2011 do rali de regularidade, Mitsubishi Motorsports Sudeste, e do rali de estratégia, Mitsubishi Outdoor. A largada para primeira etapa será a partir das 7h30 no Jardim Botânico e a chegada no Centro de Eventos Taiwan. O Mitsubishi Motorsports completa 17 anos e oferece trilhas inéditas e premiará os vencedores com viagens. Serão sete etapas e muitos quilômetros de trilhas a percorrer até novembro. Depois de Ribeirão Preto, a competição segue para Curitiba, Brasília, Florianópolis, Belo Horizonte, Penedo e São José dos Campos. No rali de regularidade os competidores são divididos nas categorias Graduados, Turismo e Turismo Light. Em sua 8ª edição, o Mitsubishi Outdoor preparou atividades esportivas, como trekking, boia-cross, mountain bike, rapel, canoagem, entre outras, culturais e tarefas de gastronomia que vão agitar as equipes. A prova trará Continue lendo [...]
A discussão em torno das informações trocadas durante os briefings, algo que sempre acontece antes das corridas com o objetivo de estabelecer parâmetros de segurança, procedimentos de largada, entre outros, é importante, pois, acima de tudo alerta os pilotos sobre a situação da pista, condições climáticas e outras considerações. Essa reunião acontece sempre minutos antes de os carros deixarem os boxes e prepara pilotos e equipes sobre as dificuldades que encontrarão pela frente. Na prática, o briefing deveria ser uma via de mão dupla, para que a direção de prova e pilotos possam trocar informações. Mas os pilotos da Stock Car, Montana e Mini estão descontentes e manifestaram-se contra um possível caso de arbitrariedade que vem ocorrendo, visto que não podem falar e muito menos contra argumentar com o diretor de prova. O caso veio à tona com a morte de Gustavo Sondermann, que trouxe o alerta sobre a insegurança a que estão expostos os cerca de 70 pilotos das três Continue lendo [...]
A pilota brasileira Bia Figueiredo ficará de fora da segunda etapa da temporada 2011 da Indy, que acontece no próximo domingo (10) em Barber, no Alabama. Bia ainda se recupera de uma lesão sofrida no osso escafóide da mão direita durante a prova em São Petersburgo, há 10 dias. Após sofrer uma intervenção cirúrgica no Indiana Hand to Shoulder Center, em Indianápolis, a junta médica que cuidou do caso instalou um pino no local fraturado. Por conta de sua ausência, a brasileira será substituída por Simon Pagenaud, ex-piloto da Champ Car e atualmente na American Le Mans Series. “Estou desapontada por não correr em Barber, mas o mais importante é a minha recuperação”, lamentou Bia, que em seguida, explicou porque foi impedida de correr no Alabama neste domingo. “Apesar de estar me sentindo muito bem, os médicos me proibiram de correr agora, pois sempre existe a possibilidade de contato com outros carros na pista e não queremos colocar em risco a calcificação do Continue lendo [...]
A Ferrari ainda tem bala na agulha e pode surpreender a todos nesta temporada. É o que afirma Fernando Alonso, para quem a equipe nem começou a mostrar sua capacidade de reação e o que aconteceu no GP da Austrália não foi um desastre, mas sim um acidente de percurso em relação as rivais Red Bull e Mclaren, cujos desempenhos foram bem melhores que o do time do cavalino rampante na primeira etapa do mundial. Mas espera uma reação positiva domingo (10) na Malásia. “Nós sabemos que temos de melhorar nosso desempenho, mas estamos cientes de que, no final, o resultado da corrida na Austrália não foi um desastre”, declarou Alonso no site da Ferrari. “Teremos algumas atualizações menores no carro, nada muito significativo, que possa ser a chave para darmos um salto em termos de desempenho”, salientou. “Acredito que temos de ficar concentrados no nosso trabalho para entender como tirar todo o potencial do 150º Italia, e tenho certeza de que há muita coisa por vir. Continue lendo [...]
Começa neste final de semana no Autódromo de Interlagos a Itaipava GT Brasil 2011, campeonato multimarcas que reúne carros superesportivos - os famosos e desejados carros dos sonhos -, já com a regra das bandeiras amarelas, o paliativo encontrado pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) para impedir ultrapassagens no na Curva do Café durante os 50 minutos de duração da prova em rodada dupla. A categoria respeitará um minuto de silêncio no grid, em memória de Gustavo Sondermann, que disputaria em paralelo com a Copa Montana o campeonato da Itaipava GT Brasil. Os organizadores anunciam mais de 30 carros na lista de inscritos e a estreia de dois novos modelos: o Corvette Z06 (dois, aliás) e o Aston Martin Vantage trazido por Eduardo Souza Ramos. A notas ruins são a ausência da nova Ferrari F458 GT3, que não estreia antes da preliminar da Fórmula Indy. Ficou para Curitiba, na 3ª rodada dupla da competição. Também não será visto pelo menos por enquanto o Continue lendo [...]
Custou, mas saiu. Após dois dias desde o acidente que tirou a vida de Gustavo Sondermann em Interlagos, a CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) divulgou um comunicado confirmando a criação de uma comissão para investigar as causas que resultaram na batida na curva do Café e na morte do piloto da J Star, no último domingo (3). Segundo Cleyton Pinteiro, presidente da entidade, o grupo terá até 30 dias — prazo de 15 dias, que pode ser automaticamente prorrogado por mais 15 —para apresentar um relatório sobre o caso, antes de enviá-lo à FIA (Federação Internacional de Automobilismo). O grupo será composto por dirigentes e ex-pilotos com carreiras de destaque na Stock Car. A CBA nomeou Felippe Zeraik, diretor jurídico da entidade, Nestor Valduga, presidente do CTDN (Conselho Técnico Desportivo Nacional), Márcio Pimentel, presidente da CNA (Comissão Nacional de Autódromos), além de Paulo Gomes e Ingo Hoffmann, campeões da categoria e que atualmente ocupam Continue lendo [...]
Paulínia, no interior de São Paulo, foi a arena escolhida para dar a largada a mais um Mitsubishi Cup, um rali de velocidade cross country, que este ano completa sua 12ª edição. Para este ano aconteceram algumas mudanças significativas no formato como, por exemplo, uma pista construída especialmente para o evento para extrair todas as possibilidades dos veículos 4x4 e a estreia do Pajero TR4 ER. A prova ocorreu sábado passado (2) com participação de 68 duplas. O traçado de 15 quilômetros teve saltos, curvas fechadas, cotovelos e muitos desafios para os pilotos, que chegaram a cruzar uma vila cenográfica, já usada em diversas produções do cinema nacional. "A estrutura estava sensacional. Cada volta era totalmente diferente", comentou o navegador Deco Muniz. Em 2011, a competição tornou-se nacional e 68 duplas participaram da primeira etapa. Do Nordeste, 15 duplas vieram reforçar o grid da temporada e brigar pelas primeiras colocações. A prova marcou a estreia do Continue lendo [...]
O presidente da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) Cleyton Pinteiro (foto) sentiu a morte do piloto paulista Gustavo Sondermann, domingo passado, na quarta volta da abertura da Copa Montana, e promete que tomará pé da situação da curva do Café. “Estou arrasado ainda. Estou um traste”, declarou o presidente da CBA. Como primeiro ato depois da terceira fatalidade em pouco mais de três anos em Interlagos, o dirigente mandou um e-mail para a FIA, solicitando a presença de um membro da entidade para realizar mudanças na curva do Café, que é chamada de “Tamburello de Interlagos”, uma lembrança mórbida da curva de Ímola, onde morreu Ayrton Senna. “Pedi à FIA que ela enviasse um inspetor para que ele olhe as obras do autódromo”, disse Pinteiro, que se mostrou de mãos atadas para alterações imediatas. “Como o autódromo é homologado pela FIA, só quem pode mexer é ela ou com sua autorização. Eu quero mostrar que as obras que foram feitas não foram Continue lendo [...]
O alemão Nick Heidfeld desembarca na Malásia, onde acontece a segunda etapa do Mundial de Fórmula 1 domingo (10), no circuito de Sepang, com o objetivo de apagar da memória o péssimo resusltado obtido na Austrália, enquanto seu companheiro de equipe, o russo Vitaly Petrov, chegou na terceira posição, o que lhe rendeu um lugar no pódio. Desapontado, Heidfeld lamenta ter se envolvido em um acidente logo na primeira volta com um carro da Toro Rosso, alterando o comportamento de seu carro. Entre justificativas e lamentações, Heidfeld afirmou que tinha condições de levar o equipamento ao limite e, a contar pelo ótimo resultado alcançado por Petrov, ter conseguido chegar numa posição melhor. “A minha perspectiva obviamente foi de desapontamento ainda mais vendo o potencial que tínhamos no carro. Meu objetivo é sempre dar o máximo nos finais de semana de corrida e eu não pude fazer isso em Melbourne”, disse. O piloto da Lotus Renault declarou também que a dirigibilidade Continue lendo [...]
A Hispania desembarca na Malásia confiante que não repetirá o fiasco da desclassificação do GP da Austrália. Tanto Vitantonio Liuzzi, quanto Narain Karthikeyan foram eliminados da corrida por não conseguirem tempo de volta dentro do limite de 107% em relação ao mais piloto mais do Q1, já que o F111-Cosworth só tinha quilometragem dos treinos dos treinos oficiais. Colin Kolles, chefe e diretor-técnico do time espanhol acredita que a regra, que voltou a ser usada nas classificações em 2011, não deve ser problema para a classificação na Malásia. Não é bem assim. O histórico da equipe mostra que desde seu lançamento, em 2010, seus carros - e pilotos - ficaram mais parados dentro dos boxes de na pista e quando conseguiam andar pareciam estar a passeio ao lado da Virgin. “As expectativas para a Malásia são de voltar à normalidade”, afirmou o dirigente romeno em nota divulgada pelo site oficial da Hispania. Kolles seguiu o discurso de Liuzzi e Narain e garantiu Continue lendo [...]