Aviação - RICARDO RIBAS Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Category: Aviação
A Voom, serviço de helicóptero sob demanda, anuncia a chegada de uma nova rota de voo que liga Alphaville à Avenida Paulista. Agora, as pessoas poderão poupar tempo e dinheiro, além de aproveitar a bela vista no trajeto de nove minutos. O voo custa R$ 250. Continue lendo [...]
A 15ª edição da Labace (Latin American Business Aviation Conference & Exhibition) já está confirmada para os dias 14, 15 e 16 de agosto e mais uma vez acontecerá no Aeroporto de Congonhas, com entrada pela avenida Washington Luís, na área ocupada pelo antigo hangar da Vasp. Continue lendo [...]
Acaba de ser lançado em São Paulo o FSS (sigla de Flight Service Station, em inglês), uma solução completa de operações implementadas a partir do Centro de Comando e Controle de Informações de Voo da ALLTA BBP dedicado a operações remotas, localizado na cidade de Barueri. Continue lendo [...]
Flávio Pires é o novo diretor-geral da ABAG (Associação Brasileira de Aviação Geral), entidade que reúne as principais empresas do segmento de aviação geral no país, desde fabricantes de aeronaves, fornecedores de peças, táxi aéreo e escolas de formação de pilotos. O Brasil é dono da segunda maior frota do mundo de aviação geral, com pouco mais de 15 mil aeronaves, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. A ABAG organiza todos os anos (desde 2004) a Labace, a maior feira de aviação executiva da América Latina que, este ano, acontece em agosto, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.   Formado em Engenharia Mecânica-Aeronáutica (UFMG) e com pós-graduação em Administração e Finanças (FGV-SP), Flávio acumula mais de 30 anos de experiência, tendo atuado em algumas das principais empresas da indústria da aviação no país, como Avibrás Aerospacial, Helibrás, Líder, entre outras. Flavio substitui Ricardo Nogueira, que deixa a entidade.   “A ABAG Continue lendo [...]
  A Embraer apresentou terça-feira (7), em São José dos Campos, a maior aeronave da segunda geração da família de E-Jets e também o mais eficiente avião comercial do mundo para rotas domésticas: o E195-E2. Com voo inaugural previsto para os próximos meses, o jato deverá entrar em serviço no primeiro semestre de 2019.   “O E195-E2 tem potencial de mudar significativamente o perfil de frota das companhias aéreas em todo o mundo. Tendo custo por viagem 20% menor e custo por assento similar ao de aviões maiores, o E195-E2 torna-se o avião ideal tanto para crescimento de empresas regionais como complementação de frota de empresas de baixo custo e de linhas principais”, disse John Slattery, presidente & CEO, Embraer Aviação Comercial.   O E195-E2 tem três fileiras a mais de assentos quando comparado ao E195 da atual geração, podendo ser configurado com 120 lugares em duas classes de serviço, ou até 146 em classe única. A aeronave também tem aumento Continue lendo [...]
  O tempo e o dinheiro são duas coisas que não podem ser desperdiçadas nos dias de hoje. Perder um, é perder o outro logo em seguida. São muitos os compromissos agendados em apenas um dia e em diferentes cidades, estados e países. Nesse caso, depender de voos comerciais é sentir na prática que tempo é dinheiro. Uma conta rápida demonstra o tamanho do custo para uma empresa. Um executivo que ganha o valor de R$200/hora pode ter um impacto de R$760 a cada hora que ele está parado no aeroporto aguardando o voo. Outros custos também podem ser somados: tempo de escala em aeroportos, troca de aeronaves, itinerário pouco flexível.   No entanto, muitas empresas ainda descartam o voo executivo por deduzir que será muito mais caro do que deixar um de seus executivos três horas parado em um aeroporto. Este é um erro comum, pois a falta de informação faz acreditar que esta é a melhor opção, quando na verdade ela é a mais cara, somando todos os custos tangíveis e intangíveis. Continue lendo [...]
  O início da acrobacia aérea no Brasil se deu após a primeira guerra mundial, pois durante a guerra os pilotos treinavam manobras evasivas para fugir do inimigo dentro do combate. Com o fim da primeira guerra, os pilotos criaram um grupo de amigos para se apresentarem para o público. Em 1952 surgiu a chamada Esquadrilha da Fumaça, nome popular do Esquadrão de Demonstração Aérea, um órgão militar formado por um grupo de pilotos e mecânicos da Força Aérea Brasileira que fazem demonstrações de acrobacias aéreas pelo Brasil e pelo mundo. A acrobacia aérea no Brasil por muitos anos foi vista como uma atividade voltada apenas para praticantes da modalidade radical, restrita a um grupo seleto de pilotos, porém a Villela Aero Sports, pioneiro no Brasil tem mudado este conceito.   O empresário paranaense José Villela Kandrotas, com mais de 30 anos de história na aviação brasileira, iniciou como piloto agrícola, e após longa experiência resolveu empreender e fundou Continue lendo [...]
O impacto da crise financeira e da disparada do dólar sobre as vendas de jatos e helicópteros executivos tem sido revertido no Prime Fraction Club – empresa pioneira no compartilhamento de bens de luxo – graças às condições financeiras, que incluem negócios com base na cotação do dólar a partir de R$ 3,40 e taxas de financiamento a partir de 3,5% ao ano –, além dos próprios benefícios do sistema de cotas oferecido pela empresa. Em 2015, o Prime Fraction Club registrou uma procura em torno de 16% maior, por parte de interessados em adquirir uma cota das aeronaves administradas pela empresa, graças às vantagens do sistema propriedade compartilhada de aeronaves, em comparação à propriedade exclusiva do bem.   Com o objetivo de acelerar ainda mais a procura, o Prime congelou para algumas unidades a cotação do dólar a partir de R$ 3,40 e oferece taxas de financiamento a partir de 3,5% ao ano, dependendo do modelo da aeronave. “São condições financeiras que Continue lendo [...]