Honda NSX, supostamente de Senna - Foto: Reprodução

Honda NSX, supostamente de Senna – Foto: Reprodução

Esse é para fãs que desejam manter viva a memória de seu ídolo. O Honda, NSX, preto, ano 1993, que supostamente pertenceu ao brasileiro tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna, foi leiloado na internet através do site eBay. O carro era utilizado pelo piloto em suas viagens a Portugal, onde tinha residência na região do Algarve. Os valores dos lances no eBay ultrapassaram 60 mil libras (cerca de R$ 184 mil). O veículo foi colocado à venda por um antigo amigo de Senna, Antônio de Almeida Braga, o Braguinha.

 

 

NSX vermelho Ferrari - Foto: Reprodução

NSX vermelho Ferrari – Foto: Reprodução

O carro supostamente ficava guardado em uma fazenda de propriedade de Braguinha na cidade de Sintra e seria usado por Ayrton Senna quando o piloto se hospedava na casa de Braguinha. Sobre o carro, trata-se de um NSX 1993 de chassi T000999 totalmente original e com apenas 31 mil milhas no hodômetro (cerca de 50 mil km). É uma quilometragem significativa para um esportivo como este, considerado por muitos como um Ferrari nipônico. Porém, como Senna faleceu em 1994, fica a dúvida sobre se o carro pertenceu mesmo ao brasileiro, que, até onde se sabe, mantinha estreita relação com a marca, e por isso ganhou dois NSX, um vermelho e um preto, sendo que o preto está em São Paulo com a família do piloto. Segundo fontes ligadas à família, o carro tem cerca de 6.000 km rodados e dificilmente será vendido. O outro é o carro vermelho que aparece naquela famosa foto de Ayrton lavando um NSX, e ficava em Portugal. Diante disso fica a pergunta no ar. Será que Senna teria outro NSX preto na terra de Cabral – o descobridor do Brasil – e ninguém sabia?

 

 

Dono diz que marcas nos tapetes são de Senna. Será? - Foto: Reprodução

Dono diz que marcas nos tapetes são de Senna. Será? – Foto: Reprodução

O vendedor diz que até mesmo os carpetes ainda têm a marca dos pés do piloto deixada na última vez em que ele esteve atrás do volante e que o carro se encontra em Albufeira, Portugal, e que é dono do carro há 17 anos e finalmente decidiu vendê-lo. A poeira deixada pelos pés Senna pode ser um argumento do dono para agregar valor ao carro já que com a citada quilometragem o brasileiro teria percorrido a Europa de ponta a ponta, o que parece algo estranho já que o piloto faleceu na curva Tamburello, em Ímola, em 1994.

 

O lance inicial foi de £ 47.500 (cerca de R$ 168 mil) e com três lances o valor subiu para £ 48.500 (cerca de R$ 172 mil). Se for verdade, este o NSX mais valioso do mundo. De acordo com as informações do leilão, o carro tem todos os itens originais e 50 mil quilômetros rodados – apesar dos 20 anos de idade. As ofertas online se encerraram na última sexta-feira (16).

 

 

Toleman-tg184 Foto: MementoExclusives.com

Toleman-tg184 Foto: MementoExclusives.com

Mais do mesmo – O Toleman TG-184-2, o primeiro carro de Fórmula 1 usado por Ayrton Senna em corridas oficiais foi vendido em leilão pela Silverstone Auctions, na Inglaterra, em março de 2013. Foi com este monoposto que o brasileiro foi descaradamente roubado em Mônaco (Crédito: Manoelias51) após uma manobra do então diretor de prova, o belga Jack Ickx, naquela que seria a primeira vitória do brasileiro na categoria, em 1984, ao dar bandeira vermelha, interrompendo a prova, ficando, assim, valendo as posições da volta anterior, ou seja, com Alain Prost, de McLaren, em primeiro, e Senna, de Toleman, em segundo. Debaixo de um aguaceiro terrível, Senna mostrou ao mundo que não havia entrado na categoria para fazer número e demonstrou, também, sua incrível qualidade debaixo de chuva e muito arrojo.

 

O Toleman TG-184-2 leiloado mantinha suas características originais, o que lhe conferiu valor agregado emocional já que fora pilotado por um dos mitos – senão o maior – que passaram pela principal categoria do automobilismo mundial. O primeiro lance foi de US$ 710,600 (aproximadamente R$ 1,7 milhão), mas por conta da crise financeira na Europa, alcançou US$ 792,850 (cerca de R$ 1,9 milhão).

 

 

Ralt RT3 -  Foto: Reprodução

Ralt RT3 – Foto: Reprodução

Também foi vendido no mesmo leilão um Ralt RT3 de Fórmula 3, que Senna usou na temporada de 1982. Este carro mudou de dono por US$ 162 mil (R$ 387 milhões, aproxidamente). Um capacete e volante autografado por Ayrton, assim como fotos e outros objetos originais de diferentes pilotos também foram arrematados.