Cinco regatas marcaram a abertura do Campeonato Paulista - Marcos Mendes

Cinco regatas marcaram a abertura do Campeonato Paulista – Marcos Mendes

 

No último fim de semana (1º e 2), as tripulações paulistas da flotilha da Classe HPE 25 içaram suas velas para as primeiras cinco regatas do Campeonato Paulista da classe, realizado na represa de Guarapiranga (SP). Em dois dias com regimes de vento completamente diferentes, as equipes se enfrentaram em disputas bastante acirradas.

 

Nos dois dias de competição, os veleiros partiram da sede do Yacht Club Paulista para regatas em barla sota com 1,2 milha cada. Mesma distância de raias montadas em Ilhabela, por exemplo. No sábado, os ventos sopraram predominantemente de sul, acompanhando a entrada de uma frente fria, com rajadas de até 20 nós. O ritmo das manobras e dos veleiros foi intenso. Os barcos chegaram planar a 15 nós com a vela balão aberta.

 

Competição reuniu 60 velejadores durante o fim de semana - Marcos Mendes

Competição reuniu 60 velejadores durante o fim de semana – Marcos Mendes

 

“A classe tem barcos muito bons tecnicamente e foi um dia muito divertido. O vento forte dá uma das boas emoções abordo do HPE, que é andar de balão com o barco planando”, comenta Eduardo Souza Ramos, comandante do barco Phoenix.

 

Quem se deu melhor no primeiro dia foi o barco Ginga, do comandante Breno Chvaicer, que venceu as três regatas de sábado. “Toda a tripulação fez um ótimo trabalho. Aproveitamos o vento forte e as características do barco, que planou muito bem. Conseguir três primeiros lugares em um campeonato tão disputado como o paulista é um bom resultado, sem dúvida”, comemora Breno Chvaicer.

 

No domingo (2), as características mudaram completamente. Com ventos de intensidade média e fraca, rondando entre leste e sul, variando de 7 a 13 nós, as regatas se tornaram mais técnicas e a experiência das tripulações teve papel ainda mais importante. Bom para o veleiro Bond Girl, do comandante Carlos Wanderley que foi bastante regular e terminou o fim de semana com apenas 17 pontos perdidos.

 

“O vento no segundo dia foi típico da Guarapiranga. As regatas foram mais técnicas e imprevisíveis. Pudemos ver como a Classe HPE 25 está equilibrada”, comenta Carlos Wanderley. A tripulação do barco Phoenix também velejou bem, ficando em 1º e 3º nas regatas do dia, deixando o campeonato mais embolado.

 

O campeonato paulista continuará no próximo fim de semana, dias 8 e 9 de abril, quando a flotilha se reunirá novamente em Guarapiranga para o encerramento da competição.

 

Veleiros se reunirão novamente nos dias 8 e 9 de abril - Marcos Mendes

Veleiros se reunirão novamente nos dias 8 e 9 de abril – Marcos Mendes

 

Preparação – A abertura do Campeonato Paulista reuniu 60 velejadores de todo o Brasil nas águas da Guarapiranga. Para os competidores foi também uma ótima oportunidade para se preparar para as próximas competições do ano, como o Brasileiro e também a Semana de Vela de Ilhabela.

 

“O Paulista reúne muita gente boa e tripulações experientes. É um ótimo parâmetro para vermos como está o nosso desempenho com relação aos outros veleiros que encontraremos novamente em outras competições durante o ano”, comenta Breno.

 

“Houve um fortalecimento da HPE em São Paulo e a classe está um ótimo momento. A grande diversão dessa categoria é que as equipes são muito parelhas. Estamos no começo da temporada e as tripulações começaram a se preparar para todas as competições do ano. No paulista, pudemos ver como as disputa serão em 2017”, explica Carlos Wanderley.

 

A Suzuki Veículos marcou presença no Campeonato Paulista da Classe HPE, expondo dois carros na sede do Yacht Club Paulista durante a competição.

 

Resultados acumulados após cinco regatas:

1º – Bond Girl – 17 pontos perdidos

2º – Ginga – 18 p.p

3º – Phoenix – 20 p.p

4º – Atrevido – 24 p.p

5º – FIT TO FLY – 25 p.p

6º – Takra – 27 p.p

7º – Relaxa – 30 p.p

8º – Cabron – 40 p.p

9º – Rex Pajero – 43 p.p

10º – Rubber Soul – 48 p.p

11º – Euphoria – 58 p.p

12º – Magoo – 58 p.p

13º – Sururu – 66 p.p

14º – Vento – 68 p.p

15º – Ubunto – 72 p.p

16º Blue Shark – 73 p.p

Fonte: Organização