O automobilismo brasileiro ficou mais triste. Na tarde de terça feira faleceu o piloto Luiz Pereira Bueno, 74 anos, em Atibaia, em São Paulo. O “Peroba”, como era conhecido, lutou e foi vencido por um câncer contra o qual batalhava desde 2010. Reconhecido e respeitado no meio, Luizinho começou sua carreira em 1958 ao lado de Bird Clemente, correndo as Mil Milhas Brasileiras.

Em seguida entrou no departamento de competição da Willys, e em 1964, participou de sua primeira corrida internacional, as 200 Milhas de Montevidéu, no Uruguai. Cinco anos mais tarde fez a sua estreia na Fórmula Ford, tendo como chefe de equipe outra lenda do automobilismo, o ex piloto Stirling Moss. Em seu ano de estréia foi vice campeão, apesar de ter corrido metade da temporada.

Em 1971, participou da equipe Hollywood, que fez história no automobilismo brasileiro, da qual chegou a ser coproprietário. Em 1972 disputou a primeira corrida de Fórmula 1 no Brasil. Era uma corrida extracampeonato, mas determinante para a entrada definitiva do Autódromo de Interlagos no calendário oficial da categoria. Luizinho terminou a corrida na sexta colocação e último entre os dez que alinharam. Um resultado interessante para quem largou na décima posição. No ano seguinte, Bueno fez sua estreia oficial na Fórmula 1, correndo pela equipe Surtess, mas problemas com problemas no carro terminou na 12ª posição no GP do Brasil.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...