Divulgação

A Audi continua de forma sistemática e abrangente sua ofensiva em veículos elétricos. No Salão do Automóvel de Genebra 2019, a marca mostra quatro veículos totalmente elétricos, cujas versões em série entrarão em produção em série no fim de 2020. Além disso, quatro novas versões híbridas como lançamento mundial e o veículo esportivo totalmente elétrico da Fórmula E Audi e-tron FE05 são mostrados no estande da Audi – que este ano consiste exclusivamente de veículos elétricos. O conceito Audi e-tron Q4 e o lançamento europeu do Audi e-tron GT foram realizados na coletiva de imprensa no estande da Audi no Pavilhão 1.

Divulgação

O presidente do Conselho da Administração da Audi, Bram Schot disse: “Nós estabelecemos um objetivo claro – um em cada três novos veículos Audi vendidos já será eletrificado em 2025. Estamos buscando uma visão clara: nos comprometendo com a mobilidade livre de emissões.”

O primeiro membro deste novo quarteto de veículos elétricos, o Audi e-tron, já será entregue aos clientes em breve. Depois, a empresa introduzirá a versão do equivalente coupé, o Audi e-tron Sportback, ainda em 2019. Outro veículo elétrico será apresentado em poucas semanas na China: o Audi Q2 L e-tron, que os primeiros clientes poderão receber também em 2019. Mais dois lançamentos de série seguirão em 2020: o Audi e-tron GT e o Audi Q4 e-tron. Carros-conceito no estande de Genebra fornecem uma visão desses dois futuros modelos.

Divulgação

Além disso, ainda em 2019, ocorrerá uma ofensiva da marca em carros plug-ins, envolvendo praticamente todos os segmentos de mercado. Novidades na gama de modelos são as versões híbridas das linhas de produtos de altos volumes Audi A6, A7, A8 e Q5 – eles também estão fazendo sua estreia pública no Salão de Genebra. Ambas versões plug-in já estabelecidas do A3 e do Audi Q7 também estarão disponíveis para pedidos novamente – com tecnologia revisada – em 2019.

Divulgação

No futuro, um total de quatro plataformas técnicas e famílias de produtos serão a base para a oferta de veículos elétricos em todos os segmentos, de A a D. A estreita colaboração entre o desenvolvimento técnico de outras marcas do Grupo aumenta as sinergias necessárias para uma gama ampla e global.

O Audi e-tron e o e-tron Sportback usam componentes da plataforma longitudinal modular da Audi. Esta e inúmeras tecnologias inovadoras, principalmente na área dos sistemas de tração, estão dando origem a uma família separada de produtos de e-SUVs com tração quattro elétrica. Carregamento rápido de até 150 kW e uma autonomia adequada de percursos de longa distância prometem o uso diário.

Divulgação

A Audi já apresentou o primeiro membro de outra plataforma eletrônica em 2018: o veículo-conceito Audi e-tron GT, um coupé altamente dinâmico, com assoalho baixo, foi introduzido no Salão de Los Angeles. A tecnologia neste automóvel foi desenvolvida em colaboração com a Porsche: o projeto e o caráter do conceito e-tron GT são repletos do DNA inconfundível da Audi.

Outro processo em conjunto dos departamentos de desenvolvimento da Audi e da Porsche é o A Audi AG também vai expandir bastante sua gama de veículos plug-in híbridos. “No futuro, cada segmento de mercado incluirá modelos alimentados por uma combinação de motor elétrico e motor a combustão, que podem ser carregados em uma tomada elétrica”, disse Schot, Presidente do Conselho da Administração.

Outro processo em conjunto dos departamentos de desenvolvimento da Audi e da Porsche é o Premium Architecture Electrification (PPE). Isso será a base para várias famílias de modelos da Audi com tração totalmente elétrica, cobrindo os segmentos de alto volume B até D. Tanto os SUVs quanto os conceitos clássicos são planejados com assoalho baixo. Um principal ponto forte da PPE é que ela foi desenvolvida exclusivamente para tração elétrica. Isto oferece vantagens no que se refere a peso, ao pacote e às proporções da carroceria.

Várias marcas do Grupo Volkswagen estão colaborando no desenvolvimento da plataforma modular de eletrificação (MEB), que serve como base para uma série de modelos elétricos da Audi, particularmente no segmento A de alto volume.

A Audi AG também vai expandir bastante sua gama de veículos plug-in híbridos. “No futuro, cada segmento de mercado incluirá modelos alimentados por uma combinação de motor elétrico e motor a combustão, que podem ser carregados em uma tomada elétrica”, disse Schot, Presidente do Conselho da Administração.