Dieter Kosslick, diretor do Festival Internacional de Cinema de Berlin a bordo do Audi e-tron

No meio do glamour urbano do 69º Festival Internacional de Cinema de Berlim, na Potsdamer Platz, o Audi e-tron será o primeiro modelo de produção totalmente elétrico da marca a demonstrar localmente como é a mobilidade livre de emissões.

Na inauguração de gala, nas premières e na cerimônia de premiação, as celebridades do cinema irão se dirigir ao tapete vermelho no SUV elétrico. O diretor do festival, Dieter Kosslick, já está guiando o Audi e-tron para seus numerosos compromissos na atual temporada da Berlinale e testando sua adequação para o uso diário na capital. “É uma experiência emocionante estar na estrada com o Audi e-tron. O carro define o curso para uma nova era de mobilidade.”

O Festival Internacional de Cinema de Berlim reúne cineastas corajosos e pouco convencionais. Eles estão moldando as mudanças do nosso tempo e abrindo novos caminhos com um espírito de descoberta autoconfiante. “A Audi tem uma conexão estreita com esse cenário cinematográfico e está, portanto, mais uma vez, promovendo o diálogo com os criadores e visionários ao sediar o programa Berlinale Open House no Audi Berlinale Lounge”, diz Jason Lusty, diretor de marketing da Audi AG.

Jason Lusty (e), diretor de Marketing AudiI AG, e Dieter Kosslick – Divulgação

O Audi Berlinale Lounge oferece uma plataforma especial para troca de ideias e networking. É um pavilhão temporário montado diretamente no tapete vermelho em frente à Berlinale Palast e está aberto a todos os visitantes do festival. No âmbito do Berlin Open House, a Audi e o Berlinale apresentarão discussões com participantes de alto nível, entrevistas e eventos especiais diariamente durante o festival, de 7 a 16 de fevereiro.

Na véspera da estreia do Electric Minds com o moderador Jörg Thadeusz, mentes criativas do cinema, da cultura e da sociedade vão transferir tópicos da mobilidade elétrica, como voltagem, silêncio e alcance para outras áreas da vida. Na aula de podcast, os visitantes aprenderão como os podcasts podem ser usados de forma eficaz pelo especialista Vincent Kittmann, chefe da rede de marketing Podstars OMR. À noite, o Berlinale Lounge Nights será realizado com concertos exclusivos e conjuntos de DJs. A cerimônia de abertura e a premiação do Berlinale também serão transmitidos ao vivo.

Divulgação

A montadora baseada em Ingolstadt também tem apoiado diretores talentosos de curtas-metragens desde 2015 com o Audi Short Film Award. O prêmio de 20.000 euros para a arte experimental do cinema será apresentado na cerimônia de premiação oficial do 69ª Berlinale em 16 de fevereiro.

Crédito –
CAFF Canterbury

“Os produtores de curtas-metragens sempre têm um prazer especial em experimentar e têm a coragem de implementar novas formas de expressão. Esse espírito de descoberta se reflete em nossa própria filosofia corporativa, por isso, promover pessoas tão talentosas é importante para nós”, diz Lusty.

Uma delas é Réka Bucsi, cineasta húngara e vencedora do Audi Short Film Award 2018. No Berlinale Open House Program, em 10 de fevereiro, ela vai conversar com Jeffrey Bowers, curador-chefe da plataforma de streaming Vimeo e membro da International Short Film Juri 2019, sobre a sua jornada e a resposta ao seu filme vencedor, o Solar Walk, em vários países.

A Audi, mais uma vez, projetou a bolsa do festival para o Berlinale deste ano e produziu 27.000 unidades. “Para todos os amantes do cinema, a bolsa se estabeleceu como um acessório cultuado na cidade e simboliza que o cinema e Berlim também estão juntos além do período do festival”, diz Kosslick. Em 2020, a Audi voltará a ser o principal patrocinador do Berlinale no 70º aniversário do festival. A fabricante de automóveis e o Berlinale estenderam sua parceria por mais um ano.