O Alfa Romeo 8C 2900B Berlinetta de 1937 foi o vencedor do prêmio Best of the Best do The Peninsula Classics – Foto: Jana Call me J

Oito belíssimos ganhadores do Best of Show dos principais concursos do mundo disputavam o prêmio, tendo sido o Alfa Romeo a escolha de destaque entre os jurados como o melhor automóvel do mundo. Vindo de Los Angeles (Califórnia), o carro entrou para a disputa do prêmio depois de ser nomeado Best of Show no Pebble Beach Concours d’Elegance 2018.

“O Alfa Romeo vencedor é um exemplo perfeito do tipo de carro que nos inspirou a criar este prêmio”, disse William E. (Chip) Connor, presidente e CEO da William E. Connor & Associates Ltd, e cofundador do prêmio Best of the Best do The Peninsula Classics. “Oferecer uma oportunidade para que os amantes de carros parem por um momento e celebrem o design e a engenharia perfeitos deste calibre a cada ano é uma verdadeira honra.”

O Alfa Romeo é propriedade de David e Ginny Sydorick de Los Angeles (Califórnia). Sobre o recente reconhecimento do veículo, David afirmou: “Como um ávido colecionador de automóveis, ter dois carros na disputa pelo prêmio deste ano foi realmente incrível. Não é preciso dizer que a Ginny e eu estamos em êxtase com o resultado – um momento de orgulho para nós dois.”

O carro vencedor foi apresentado usando um efeito de obturador, em que ripas individuais foram sincronizadas para revelar o Alfa Romeo orgulhosamente dentro de uma caixa iluminada e personalizada. Após a grande revelação, os convidados da festa – entre eles o ator Luke Evans, estrela de A Bela e a Fera, O Alienista e Garota no Trem – desfrutaram de um set musical da DJ e personalidade televisiva Hannah Bronfman junto do seu marido, o DJ e empreendedor Brendan Fallis.

Uma joia automotiva idealizada por Ingegner Vittorio Jano, o 8C 2900 foi projetado para competir em corridas de carros esportivos, especificamente a Mille Miglia, que ganhou de maneira absoluta em 1935, 1936, 1937, 1938 e 1947. Nas pistas, eles dominavam todas as principais competições; e, na estrada, eram os carros de passeio mais rápidos.

Fundada em 1925, em Milão, a fabricante italiana Carrozzeria Touring primeiro obteve a licença do sistema de estruturas leves cobertas de tecido de Charles Weymann e, em seguida, desenvolveu sua própria construção Superleggera. Patenteado em 1936, o sistema Superleggera consiste de uma estrutura de tubos de aço de pequeno diâmetro que se ajustam à forma da carroceria do automóvel e são revestidos por painéis de corpo de liga fina que fortalecem a estrutura. O veículo vencedor, 412020, é o primeiro de apenas cinco Berlinettas conhecidos construídos no chassi Lungo, e é o carro que a Touring se refere como o começo da Superleggera.