Otazú comemora a 16ª vitória em 2018 – Foto: Sandro de Souza

 

O piloto Alberto Otazú (Alpie Escola de Pilotagem/Instituto Desenvolve/AVSP) teve um bom final de semana no kartismo. Em três provas que disputou, todas no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, ele subiu no pódio em todas, obteve uma vitória e uma volta mais rápida como melhores desempenhos.

 

“Eu andei bem em todas as corridas, mesmo a sorte não colaborando em nenhuma delas. Consegui minimizar os problemas que tive com os karts e aproveitei os erros dos concorrentes para finalizar sempre entre os cinco primeiros”, comentou o piloto que já soma 30 pódios e 16 vitórias nas 35 provas que disputou nesta temporada.

 

Otazú caminhando para a vitória na Taça Ayrton Senna – Foto: Sandro de Souza

 

A sua programação começou com a participação como convidado na 5ª etapa da Taça Ayrton Senna, na sexta-feira (22/6), quando deixou de conquistar a pole position para Marcelo Hayasaka por meros 75 milésimos de segundo. Largando do segundo posto, ainda no primeiro giro Otazú já assumiu a ponta. No entanto, faltando duas voltas para o encerramento, Rodrigo Borotto – autor da volta mais rápida – fez a ultrapassagem e pulou para a liderança, mas levou o troco na última passagem, com Alberto Cesar vencendo novamente neste certame da Amika por meros 0s153 de vantagem.

 

“Foi uma vitória suada, muito difícil, pois o kart do (Rodrigo) Borotto era cerca de três décimos de segundo mais rápido do que o meu. Foi bom eu manter a minha invencibilidade nas participações neste campeonato”, comemorou.

 

Otazú foi quinto colocado no RKC – Foto: Sandro de Souza

 

No sábado (23/6) foi a vez da disputa da sexta etapa do Campeonato RKC Kart. Alberto Otazú chegou a trocar de kart na tomada de tempos, e mesmo assim largou apenas da sexta posição. Na largada já ultrapassou dois concorrentes e ainda na primeira volta ganhou mais duas posições e assumiu a vice-liderança. No entanto, com um equipamento com problema de motor e chassi foi sendo ultrapassado volta a volta até cair para quinto. Na última volta ainda teve que segurar Fernando Ximenez e Nelson Reple, que estavam mais rápidos, para assegurar a quinta colocação. A vitória ficou com Ivan Guerra.

 

“Comemorei muito este quinto lugar. Quase fiz mágica pra ficar nesta posição e não cair muito no campeonato”, disse o campeão do primeiro turno do RKC Kart, e que agora ocupa a quarta posição na classificação geral da categoria Stock.

 

Otazú fez a melhor volta no Desafio Subaru – Foto: Sandro de Souza

 

Finalmente no 3º Desafio Subaru de Kart, no domingo (24/6), as coisas começaram piores. Alberto Otazú teve que trocar três vezes de kart na tomada de tempos e com isto largou da 20ª e última posição. Aproveitando que o penúltimo do grid acabou pegando um bom kart, ambos fizeram parceria na corrida e foram se empurrando e ultrapassando todos os concorrentes. Nesta caminha Otazú estabeleceu a volta mais rápida (1min06s695) e recebeu a bandeirada em quarto, com Rodrigo Seixas em terceiro. A vitória foi de Matheus Sucena, seguido de Zeppe Corsi.

 

“Este kart pelo menos era mais equilibrado, mas não era nenhum foguete. Foi uma pena ter largado lá atrás, continuarei tentando uma vitória no Desafio Subaru de Kart”, avisa o piloto de 17 anos de idade.

 

Os seis primeiros na Taça Ayrton Senna Amika foram:

1) Alberto Otazú, 27 voltas em 20min39s79

2) Rodrigo Boroto, a 0s153

3) André Magno, a 8s080

4) André Mansano, a 8s227

5) Akira Eguti, a 8s438

6) Alfredo Salvaia, a 13s292

 

Os seis primeiros no RKC Kart foram:

1) Ivan Guerra

2) Samer Ghosn

3) Fábio PL

4) Fábio Cunha

5) Alberto Otazú

6) Fernando Ximenes

 

Os seis primeiros no 3º Desafio Subaru foram:

1) Matheus Sucena, 15 voltas, em 18min33s699

2) Zeppe Corsi, a 0s338

3) Rodrigo Seixas, a 1s596

4) Alberto Otazú, a 2s671

5) Marco Limosine, a 3s643

6) Rafael Chedid, a 6s645

Fonte: Organização

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...