Barrichello recebe bandeirada -  Carsten Horst/Hyset

Barrichello recebe bandeirada – Carsten Horst/Hyset

O kart #72 da equipe formada por Rubens Barrichello, Tony Kanaan Felipe Giaffone, Rafael Suzuki e Gaetano di Mauro venceu, sábado (30), as 500 Milhas de Kart, prova disputada no Kartódromo Beto Carrero, em Penha (SC). Esta foi a nona vitória de Barrichello e de Kanaan, mas a primeira da dupla no circuito catarinense após um jejum de cinco anos. A última vitória da dupla Barrichello-Kanaan nas 500 Milhas foi em 2008, quando ela ainda era disputada no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP).

 

A corrida aconteceu debaixo de chuva durante as primeiras seis horas e só cessou no meio da sétima hora. A condição climática foi um ingrediente extra para uma prova de longa duração e desafiou não apenas a habilidade dos pilotos como também as estratégias das equipes. Onde antes era asfalto molhado virou uma trilha ladeada de lama trazida por pilotos que escaparam da pista.

 

Prova de kart com toque de rali - Casrten Horst/Hyset

Prova de kart com toque de rali – Casrten Horst/Hyset

Em segundo lugar, ficou o kart #610, tocado pelos pilotos Alberto Cattucci, Giuliu Borlenghi e Enzo Bortoletto, da MV Cesari, seguido pelo #45 de Bruno Bertoncello, Matheus Leist, Pedro Cardoso, André Nicastro, Eduardo Dieter e Francesco Ventre. A história desta prova e o resultado final poderiam ser diferentes. Isto porque, na largada, o grid foi formado com céu nublado, mas sem chuva. Apenas um prenúncio que se confirmou logo no sinal verde. A chuva persistiu por aproximadamente sete das 12 horas da corrida, que foi morna já que as disputas por posições aconteceram só no começo para depois virar um corso de baratinhas pela pista enlameada, dificultando as ultrapassagens.

 

500 Milhas de Kart 2013, resultado final:

Crédito: Organização

Crédito: Organização